Publicado em: 09 de novembro de 2012 | Atualizado em: 09 de novembro de 2012

2013: O ano dos festivais no Brasil

No ano que vem já temos mais de 10 festivais de grande porte confirmados para o país. Confira o que vem por aí!

A cada ano que passa, a música eletrônica (ou EDM, como vem sendo chamada) ganha mais espaço no mundo da música em geral. Este movimento global, que está sendo acelerado com a retomada da música eletrônica nos Estados Unidos, está sendo sentido aqui no Brasil também. Velhas raves virando grandes festivais, aumento vertiginoso no número de baladas, DJs e produtores cada vez mais reconhecidos são apenas alguns dos sintomas, mas o principal deles é o grande volume de festivais que teremos aqui no ano que vem.

Nós levantamos tudo o que já está divulgado, somamos algumas conversas de bastidores e entregamos aqui, a todos vocês, o panorama de festivais para 2013. Mas já vamos avisando: é bom ir preparando o bolso desde já!

ID&T Brasil a todo vapor!

A produtora holandesa assina inúmeros festivais ao redor do planeta, mas com certeza você a conhece por produzir o Tomorrowland. Ele jamais virá ao país, pois trata-se de um spin-off (uma espécie de evento-filho) genuinamente belga do Mysteryland, ou seja: sempre acontecerá na Bélgica. A boa notícia é que o Brasil receberá o seu próprio spin-off do festival: o One Rio, que inicialmente havia sido divulgado para acontecer em 2012, acabará rolando em 2013, em período do ano ainda não divulgado.

Na mesma coletiva de imprensa, a ID&T confirmou que no ano que vem teríamos um Mysteryland Brasil (que deve acontecer no primeiro semestre) e uma edição do Dirty Dutch, a festa do DJ Chuckie. Além das novidades, será dada sequência ao único projeto da produtora que já acontece por aqui: o Skol Sensation, que virá com o tema Innerspace, tido pela crítica como o melhor de todos. Confiram o trailer:

Outros estrangeiros fincam raízes

Além de todos os festivais produzidos pela ID&T, outros gringos já estão começando a criar raízes no país. O Sónar SP foi um sucesso de público e crítica, e já confirmou a edição 2013 para o último final de semana de maio. O line-up ainda é um mistério, mas só de olhar para o que veio em 2012 já dá pra sonhar alto. 

Outro que vem para o segundo ano consecutivo é o Creamfields. Depois de algumas edições falhas ao longo da década passada, o evento parece ter encontrado em Florianópolis um bom lugar para ficar. Marcado para rolar no dia 26 de janeiro, já está com ingressos à venda e deverá ter o line-up divulgado em breve, provavelmente após o Dream Valley rolar.

Com um pouco mais de tempo no país, o Ultra Music Festival (vulgo UMF Brasil) também está confirmado para 2013, provavelmente em março. Especula-se que eles trarão o Swedish House Máfia para a despedida no país, mas tudo ainda é boato. Eles também devem estar esperando passar os festivais do feriado da república para começar a divulgar os detalhes. 

Porfim, um "novato antigo": Pacha Festival. Será a primeira edição do festival da cerejinha, mas não dá pra dizer que é uma estréia da marca, já que a Pacha já teve (e ainda tem) diversos franqueados no país. Ainda não foram divulgadas maiores informações, mas sabe-se que será produzido pela empresa que faz o Creamfields no país (Industria E), ou seja, deverá ser longe de janeiro, par anão concorrer com o evento de Santa Catarina.

Festivais de Rock… ou de música eletrônica? 

Outros dois festivais também podem chamar a atenção, apesar do seu foco ser o pop e o rock. Um deles na verdade já causou furor: o Lollapalooza. O line-up eletrônico dele é de muito respeito, com nomes como Madeon, Steve Aoki, Crystal Castles e Rusko, mas o que deixou todos boquiabertos foi o fato de um festival de rock conseguir realizar o sonho de todos os festivais de EDM desde 2008: trazer Deadmau5 para o país. O evento acontece entre os dias 27 e 29 de março, e os ingressos estão à venda já, por preços salgadíssimos diga-se de passagem.

Além dele, outro que pode aprender esta lição é o Rock In Rio. Confirmado para setembro de 2013, o Rock In Rio provavelmente virá com um line-up eletrônico forte, exatamente como aconteceu em 2011. Resta saber se dessa vez a tenda eletrônica será tratada com respeito, e não jogada para um canto qualquer da festa, sendo ignorada pelo Multishow e por praticamente todos os veículos que cobriram o evento. 

Os verde-e-amarelo de sangue

Diante de toda essa concorrência fortíssima, temos 4 festas que conseguiram se reinventar e sobreviver, batendo de igual para igual com todos os que citamos anteriormente.

Depois de virar a mesa brutalmente e trazer David Guetta e Armin van Buuren para uma festa de 2 dias, a XXXperience não poderá abaixar o nível em 2013. A edição de 17 anos provavelmente acontecerá no feriado da república novamente (e esperamos que dessa vez, nos dias em que é feriado no país todo) e deverá evoluir bastante no novo conceito que apresentaram neste ano.

A Tribe manteve-se firme com suas raízes, e dentre os festivais de curta duração é o que detém a preferência disparada entre os fãs do psytrance. A decoração, o line-up e todas as ações deverão manter-se fiéis ao conceito que sempre a diferenciou, porém com certeza veremos um crescimento dos palcos alternativos Tribe Club, Big Room e Domo. Deve acontecer em julho, como foi em 2011 e 2012.

A Kaballah já começou a campanha de 2013, ano em que completa 10 anos. A julgar pelas últimas edições, em especial pela edição indoor com Nero, deveremos ser brutalmente surpreendidos com o line-up. O Cocoon Stage e o Psychedelic Stage deverão ser mantidos, mas no palco principal, poderemos ter os primeiros artistas de dubstep se apresentando para o grande público pós-raver.

E pra fechar o ano, a já confirmada edição 2013/2014 do Universo Paralello já vem causando ansiedade no público, muito graças ao UP11, que foi um dos mais bem produzidos da história. A mudança de periodicidade para bienal foi exatamente para otimizar a produção, e as melhorias deverão ser sentidas neste que é um dos principais festivais psicodélicos do planeta.

As especulações 

Além de tudo o que foi dito acima, temos também as especulações. A maior delas gira em torno da Tribaltech. A edição de 2012 foi a última porque, segundo os organizadores, em 2013 eles se dedicariam a um outro projeto, muito maior. A Rádio Peão fala em muitas coisas: uns dizem que será uma nova Tribaltech, em um formato festival de verdade, com vários dias, camping e tudo mais. Outros dizem que a T2 irá produzir um festival de fora no país. Há quem acredite que no dia 22 de dezembro, depois que o mundo não acabar, seja divulgada uma Tribaltech 2013. No entanto, a verdade deveremos saber só em meados do ano que vem, já que a XXXperience Curitiba está confirmada para abril e o novo evento deve acontecer só no segundo semestre.

Outra especulação forte é sobre o SWU. Engolido pelo Rock In Rio em 2011, sequer conseguiu sair do papel em 2012, mas nada impede que volte de maneira triunfal em 2013. Para nós da EDM seria vantagem, já que seu line eletrônico é similar ao do evento carioca, porém, tratado com muito mais respeito. 

Sendo assim, temos um resumão do que a cena eletrônica nos reserva para 2013: muita festa boa, muito DJ forte, muita produção de primeira qualidade. Nos resta agora nos preparar e torcer, para termos muito dinheiro e muita energia, pra poder aproveitar tudo isso até o fim!

ID&T se instala no Brasil, anuncia novo festival para outubro, e vinda do Mysteryland e Dirty Dutch em 2013
Um dos festivais mais prestigiados do mundo pode estar preparando a sua primeira edição em território brasileiro
Festival que deu origem ao Tomorrowland terá edição no Chile entre 14 e 16 de dezembro; Em 2013, aportará no Brasil
imagem de Mohamad
Escrito por: Mohamad Hajar Neto

Sou formado em marketing, mas dediquei quase toda minha vida profissional à música. Hoje sou um dos líderes do projeto detroitbr, além de ser editor-chefe no Psicodelia.org e produzir e tocar techno com meu irmão sob a alias Kultra. Sou movido pelo meu amor à arte!

Comentários

Cadastre seu e-mail e receba uma vez por semana um resumo com as principais notícias do Psicodelia!

Instagram - @psicodelia_org